Marina I. Jones Os Executivos Aventura Humana Tecnologia Mundo Rural Colaboradores

Frases




ABRAHAM LINCOLN

“ Lembre sempre que sua própria vontade de triunfar é mais importante que qualquer outra coisa”

ALBERT CAMUS

“Queríamos saber onde a guerra vivia, o que era que a tornava tão desprezível. E agora percebemos que sabemos onde ela vive: é dentro de nós.”
“O medo, esse belo sentimento, sem alienação, puro e desinteressado, um dos poucos que retira sua nobreza do próprio ventre”
“A grandeza de um homem consiste em sua decisão de ser mais forte que a condição humana.”
“Aquilo que mais secretamente tememos sempre acaba acontecendo.”

ALDOUS HUXLEY

“Apenas dois anos; e já Walter tinha deixado de amá-la, principiava a amar uma outra. O pecado ia perdendo a sua única desculpa, e os dissabores de ordem social, o seu único paliativo.” (Contraponto)
“...mas aquilo, aquela outra coisa, era terrível, terrível a ponto de não se poder pensar nela e, contudo, de tal maneira terrível, que não se podia deixar de pensar.”
“Alí, à beira da morte, nas vésperas da própria ruína, pareciam lançar um olhar retrospectivo, num último êxtase de lembranças ressurretas, concentrar neste instante resplandecente de outono toda a glória de que se cobriam primavera e verão.”
“Aparência cruel, contrastando insultuosamente com qualquer coisa de inapelável, de desesperador nessa imobilidade, nessa fragilidade de vidro que convidava ao desastre, que anunciava, profética, a escuridão próxima com galhos negros a moverem-se torturados entre as estrelas e o granizo a cortar com suas setas o vento ululante. (Sem Olhos em Gaza)”

ÁLVARO DE FARIA

“Quando percebeu que sua literatura acabara, não teve outra saída: matou-se , com um último ato de cruel coerência.”  (artigo sobre Hemingway)

ALVIN TOFFLER

“...vim a reconhecer que a pergunta certa é ordinariamente mais importante do que a resposta certa à pergunta errada...”
“O reconhecimento de que nenhum conhecimento pode ser completo, nenhuma metáfora inteira em si é humanizante. Frustra o fanatismo. Concede até mesmo aos adversários a possibilidade de verdade parcial e a si próprio a possibilidade do erro.”
“Fazer perguntas maiores é arriscar-se a receber  coisas erradas.. Não as fazer absolutamente constranger a vida da compreensão. (George Steiner).”
“O mais importante é o fato negligenciado de que grandes avanços frequentemente vêm não de uma única tecnologia isolada, mas de imaginosas justaposições ou combinações de várias.”
“A tecnologia não precisa ser grande, cara nem complexa para ser sofisticada.”

ANATOLE FRANCE

“Democracia quer dizer que os ricos e pobres podem se abrigar debaixo das pontes de Paris sem intervenção da polícia.”

ANDRÉ MAUROIS

“Cultura é o que fica depois de se esquecer tudo o que foi aprendido.”

ANNTHONY  BURGUESS

“Ria e o mundo rirá com você; ronque, e vai dormir ter de dormir sozinho.”

ANTON CHEKHOV

“Quanto mais refinado é alguém, mais infeliz ele é.”

BENJAMIM FRANKLIN

“Três pessoas podem manter um segredo, se duas delas estiverem mortas.”

BERNARD SHAW

“Shakespeare é essencialmente um grande poeta, mas um intelectual de segunda.”
“Na Idade Média, as pessoas acreditavam que a Terra era plana, porque elas tinham ao menos a evidência de seus sentidos; nós acreditamos que ela é redonda nao porque um por cento de nós pudesse  dar as razoes científicas para uma crença tão fantástica, mas porque a ciência moderna nos convenceu de que nada que é óbvio é verdadeiro, e que tudo que é mágico, improvável, extraordinário, gigantesco, microscópico, cruel  ou excessivo é científico.”
“Liberdade significa responsabilidade. É por isso que tanta gente tem medo dela.”

BERTRAND RUSSELL

“Temer o amor é temer a vida e os que temem a vida já estão meio mortos.”
“O que é necessário não é a vontade de acreditar, mas o desejo de descobrir, que é justamente o oposto.”

BORIS DE SCHELOEZER

“A melodia é a coisa mais artificial em música.”

BREAKFAST CONVERSATIONS IN MIAMI

“O único recurso natural de meu país é o terremoto.”
“No meu governo havia censura, sim , mas ninguém notou porque os jornais nunca noticiaram o fato.”

CAMÕES

“Ultimamente, tem passado muitos anos.”
“A grande dor das coisas que passaram.”

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

“Já proclamei nos bares que o nacionalismo é uma virtude, mas há uma hora em que os bares se fecham e todas as virtudes se negam.”
“O tempo é nossa desculpa, nossa ferida, nosso modo de não existir, pensando que estamos vivendo.”
“Há máquinas terrivelmente complicadas para as necessidades mais simples. (O Sobrevivente)”
“...se bem que seja difícil compreender o que querem esses homens, por que motivo eles se ajuntaram e qual a razão de seus sofrimentos.” (Hino Nacional)
“Certamente faltam muitas explicações, seria difícil compreender, mesmo ao cabo de longo tempo, por que um gesto se abriu, outro se frustrou, tanto esboçados, como seria impossível guardar todas as vozes ouvidas ao almoço, ao jantar, na pausa da noite, um ano, depois outro, e outros e outros, todas as vozes ouvidas na casa durante quinze anos. Entretanto, devem estar em alguma parte: acumularam-se, embeberam degraus, invadiram canos, enfornaram velhos papéis, perderam a força, o calor, existem hoje em subterrâneos, umas na memória, outras na argila do sono.” (Indicações)
“Anoitece, e o luar, modulado de dolentes canções que preexistem aos instrumentos de música, espalha no côncavo, já pleno de serras abruptas e de ignoradas jazidas, melancólica moleza.” (O Enigma)
“Há uma hora triste que tu não conheces.” (Uma Hora e Mais Outra)
“Esses homens estão silencioso mas sorriem de tanto sofrimento dominado.”
“No céu também há uma hora melancólica hora difícil, em que a dúvida penetra as almas.”
“Já não dirão que estou resignado e perdi os melhores dias. Dentro de mim, bem no fundo, há reservas colossais de tempo.”
“Tão delicados ( mais que um arbusto) e correm / e correm de um para outro lado, sempre esquecidos / de alguma coisa. Certamente, falta-lhes / não sei que atributo essencial, posto que se apresentem nobres / e graves por vezes. Ah, espantosamente graves, / até sinistros. Coitados, dir-se-ia não escutam / nem o canto do feno, como também parecem não enxergar o que é visível / e comum a cada um de nós, no espaço. E ficam tristes / e no rasto da tristeza chegam a crueldade. / Toda a expressão deles mora nos olhos - e perde-se / a um simples baixar de cílios, a uma sombra. / Nada nos pêlos, nos extremos de inconcebível fragilidade, / e como neles há pouca montanha, / e que secura  e que / reentrâncias e que impossibilidade de se organizarem em formas calmas, / permanentes e necessárias.. Têm, talvez, certa graça melancólica (um minuto) e com isto se fazem / perdoar a agitação incomoda e o translúcido vazio que os torna tão pobres e carecidos / de emitir sons absurdos e agônicos: desejo, amor, ciúme ( o que sabemos nós?), sons que se despedaçam e tombam no campo / como pedras aflitas e queimam a erva e a água, / e difícil, depois disto, é ruminarmos nossa verdade.” (Um Boi Vê os Homens)
“Tenho saudade de mim mesmo, saudade sob a aparência de remorso, de tanto que não fui, a sós, a esmo, e de minha alta ausência em meu redor.” (Estrambote Melancólico)

CHARLES DE GAULLE

“Como os políticos nunca acreditam no que dizem, se surpreendem quando alguém acredita.”

CHARLES DICKENS

“Cada fracasso ensina ao homem algo que ele precisava aprender.”

CHURCHILL

“Democracia é o pior sistema do mundo, mas não há outro melhor.”

CLÁUDIO ABRAMO

“Os americanos matam seus presidentes, os russos seus poetas.”
“Um homem é feito na infância, aperfeiçoado na adolescência e cristalizado na idade madura. Depois dos 40 a existência humana, a não ser para os asiáticos, que têm o segredo da vida longeva e produtiva, assinala realmente uma decadência interminável: toda a razão da vida se concentra em algumas coisas muito específicas, em seres sobretudo, e daí o conflito que se trava no interior de cada ser humano quando aquilo que ele quis ser para duas, três ou quatro pessoas - pois é nisso que se concentra nossa vida - deixou de ser o que realmente se quis ser ou parecer. Mas uma grande parte de nossa vida é desenhada muito cedo; quando se inicia o que alguns românticos chamam de aventura humana e que aos poucos vai se transformando numa incansável continuidade diminutas frustrações e pequenos embates corporais com a realidade; frustrações que depois se transformam em fontes de amargura. Acho que lembramos mais de nossa infância quando olhamos para trás e percebemos que nossa existência foi uma sucessão de atos falhos, de erros e batalhas perdidas, de enganos e equívocos..
Um homem é feito de memórias, de frustrações e de sentimento de que errou na existência, mesmo quando os outros pensam que ele acertou. O homem é, enfim, solitário diante de si mesmo, vítima de sua própria versão, adversário do próprio modelo, espelho de sua condição de ser limitado pelo tempo e pelo espaço..
“A verdade é que, os homens, em sua maioria são baixos. Todo poder é tão eventual como uma folha de outono.”
“Mas vencer só tem sentido se vence para fazer alguma coisa.”

DESCONHECIDO

“Era muito solitário, devido a inteligência que possuía. Não me consta que tivesse amigos íntimos. Sempre viajava sozinho. Era solitário até mesmo quando em companhia de outras pessoas. Os outros às vezes percebiam isso, sentiam-se rejeitados, e passavam a não gostar dele. Mas Pedro não se importava..
Quem mais sofria era a mulher e a família. A mulher diz que quem tentava romper aquela barreira de reserva encontrava um verdadeiro vazio. Tenho a impressão de que eles precisavam de alguma espécie de carinho que Pedro nunca lhes deu. Ninguém o conhecia a fundo. Certamente era o que ele queria, e assim foi.
Talvez fosse tão solitário por causa da sua inteligência.. Talvez fosse o contrário. De qualquer modo, inteligência e solidão sempre estiveram juntos. Uma fantástica inteligência solitária.”

DÓXIS

“Eu nunca menti antes, esta foi a primeira vez.”

E. M. REMARQUE

“No princípio surpreendidos, depois amargurados, e finalmente indiferentes, reconhecemos que o espírito não era o essencial.”
“Sob a pele, a vida não palpita mais, vai sendo expulsa do corpo; a morte avança de dentro para fora e já domina os olhos.”
“Já não somos despreocupados; vivemos numa terrível indiferença...Desamparados como crianças e experientes como velhos, somos primitivos, tristes e superficiais...Acho que estamos perdidos.”
“A paz destas recordações de outros tempos é a razão pela qual elas despertam menos o desejo que a tristeza: uma estranha e desconcertante melancolia.. Existiram, mas não voltam mais. Passaram, pertencem  a um mundo diferente que para nós terminou.”
“Pois já notei que se consegue suportar o horror enquanto se dissimula, mas que ele mata quando se pensa nele.”
“Para nenhum homem a terra é tão importante quanto para um soldado. Quando ele se comprime contra ela demoradamente com violência, quando nela enterra profundamente o rosto e os membros, cheio de terror mortal do fogo, ela é o seu único amigo, seu irmão, sua mãe. Nela ele abafa o seu pavor, e grita no seu silêncio e na sua segurança; ela o acolhe e o libera para mais dez segundos de corrida e de vida; e volta abrigá-lo: às vezes, para sempre.” (Nada de Novo no Front)
“Devemos ter não só a coragem, mas também a ingenuidade para o ridículo.”
“O tamborilar suave penetrou no silêncio do quarto. Parecia que alguma coisa queria entraram alguma coisa cinzenta, desolada e disforme, alguma coisa que era triste do que a própria tristeza - uma recordação distante e anônima, uma vaga e infindável que avançava para recuperar e soterrar alguma coisa que trouxera antes e tinha esquecido numa ilha - um pouco de humanidade, de luz e de pensar.”
“Não. Não se pode voltar a nenhum lugar.”
“Também podemos iludir--nos com a realidade. É um sonho muito mais perigoso.”
“Eram sempre as pequenas coisas que encerravam qualquer revelação, nunca as grandes.”
“Fomos arrancados de tudo aquilo a que estávamos ligados; só nos resta o coração.”
“O momento é o que há de mais próximo da eternidade..”
“Quem nada espera não sofre decepções.”
“De noite o tempo para. Só os relógios continuam a andar.”
“Já matei muita gente. Na qualidade de amador e de profissional. Como soldado e como médico.”
“Os acontecimentos são determinados com alguma antecedência.”
“Quando não sabemos mais ser infantis, já somos velhos.”
“A miséria do mundo está justamente nisso: nunca sentimos os males que causamos aos outros.”
“Não se pode trazer nada de volta. Ninguém volta.. Da mesma forma que a hora já vivida jamais volta.”
“E quem dá explicações assume uma posição de defesa.”
“Não ha como fugir. Alcança a gente.. Não queremos, mas é mais forte do que nós.”
“Conhecera a vitoria e a derrota; quase não havia diferença entre uma e outra.” (Arc de Triomphe)

ECLESIASTES

“Uma geração vai, e outra geração vem, mas a terra para sempre permanece.”
“Já não há lembrança das coisas que precederam; e das coisas que hão de ser também delas não haverá lembrança, nos que hão de vir depois.”
“Nunca digas : por que foram os dias passados melhores do que estes? porque nunca com sabedoria isto perguntarias.”
“Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; porque ti destruirias a ti mesmo?”
“Houve uma pequena cidade em que havia poucos homens; e veio contra ela um grande rei, e a cercou e levantou contra ela grandes tranqueiras. E vivia nela um sábio pobre, que livrou aquela cidade pela sua sabedoria e ninguém se lembrava daquele pobre homem.”
“Verdadeiramente suave é a luz, e agradável é aos olhos ver o sol.”
“Lembra-te do teu criador nos dias de tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer : não tenho neles mais contentamento. Antes que se escureçam o sol, e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois das chuvas.”

EDMUND BURKE

“Ninguém comete erro maior do que não fazer nada porque só pode fazer pouco.”

ELLA WHEELER WILCOX

“Ria, e o mundo rirá com você. Chore, e chorará só.”

ERZA POUND

“A incompetência se revela no uso de palavras demasiadas. O primeiro e mais simples teste de um autor será verificar as palavras que não funcionam.”
“Um clássico é um clássico não porque esteja conforme a certas regras estruturais ou se ajuste a certas definições ( das quais o autor clássico provavelmente jamais teve conhecimento). Ele é um clássico devido a uma certa juventude eterna e irreprimível.”
“A maior parte das percepções humanas data de muito tempo atrás ou deriva de percepções que homens bens dotados tiveram muito antes de termos nascido. A espécie humana descobre e redescobre.”

EUCLIDES DA CUNHA

“Atravessa a vida entre ciladas, surpresas repentinas de uma natureza incompreensível, e não perde um minuto de tréguas. É o batalhador perenemente combalido e exausto, perenemente audacioso e forte; preparando-se sempre para um recontro que não vence e em que se não deixa vencer.” (Os Sertões)
“O heroísmo tem nos sertões, para todo os sempre perdidas, tragédias espantosas.”
“Mas os céus persistem sinistramente claros, o sol fulmina a terra.”

FRANZ KAFKA

“Em sua luta contra o resto do mundo, aconselho que você se coloque ao lado do resto do mundo”

FREDERICO FELLINE

“O artista é sempre um provinciano. Ele vive entre um mundo tangível e um intangível - essas são as fronteiras de sua província.”

FREDERICO GARCIA LORCA

“Nada é tão vivo quanto as lembranças. Acabam por tornar a vida insuportável.”

GALILEU GALILEI

“Falar obscuramente qualquer um sabe, com clareza, raríssimos.”

GENERAL SHERMAN

“Se designado, não concorrerei. Se eleito não servirei.”

GERG C. LICHTENBERG

“As pessoas que nunca têm tempo não conseguem grandes coisas.”

GEORGE MARSHAL

“Os pequenos atos que se executam são melhores que todos aqueles grandes que se planejam.”

GEORGE PATTON

“Nunca diga às pessoas como fazer as coisas. Diga-lhes o que deve ser feito e elas surpreenderão você com sua engenhosidade.”

GEORG SIMMEL

“Culto é aquele que sabe onde encontrar aquilo que não sabe.”

GERALDO DE MELO MOURÃO

“Nunca é demais lembrar que os matadores de mitos que não sabem criar outros em seu lugar estão apenas iniciando o processo da própria perdição.”

GERMAINE GREER

“Ninguém pergunta para que serve o tigre. Não devemos perguntar para que servem as pessoas. Não podemos contemplar os pobres do mundo e perguntar para que servem. Eles sentem alegrias e tristezas se multiplicam e morrem.”

GORE VIDAL

“Tudo na vida muda, menos, possivelmente, a avant-garde.”

GRAHAM GREENE

“A inocência é uma forma de insanidade.”
“Quando não temos certeza, estamos vivos.”
“A morte era o único valor absoluto no mundo. Perdendo-se a vida, não se, perderia nada de novo para sempre.”
“Quando somos infelizes, ferimos os outros.”
“O sofrimento está no ato da posse: somos muito pequenos de espírito e de corpo para possuir outra pessoa sem orgulho, ou para sermos possuídos sem humilhação.”
“Todos nós nos envolvemos num momento de emoção e depois não podemos nos libertar.”
“...Fênix, mas, hoje em dia, nada mais é fabuloso e nada renasce das próprias cinzas.” (O Americano Tranquilo)
“Ela riu-se um pouco, no meio da melancolia da partida e o receio do mundo estranho.”
“Uma luz suave inundava as cabinas.. Por um momento, seria possível acreditar que o sol era a expressão de alguma coisa que amava os homens e sofria por eles Os seres humanos flutuavam como peixes em águas douradas, livres da ação da gravidade, voando sem asas, transparentes num aquário de vidro.”
“Era como se luz dourada tivesse uma qualidade de penetração, de modo que ela podia compreender motivos que em geral ficavam ocultos, movimentos que em geral para ela não importância nem significado.”
“Ela sabia da distância que separava sua compreensão de sua expressão; ela sentia muito e podia dizer pouca coisa, e o que dizia muitas vezes era a coisa errada. Então ela viu a vida estranha morrer.”
“Sim, pensou ela, eles se conheciam;; ambos tinham admitido o fato. e isso os deixava pobres de palavras. O mundo mudava e passava por eles.”
“Ele argumentou consigo que a dúvida só surgia com a aproximação da morte, pois quando o fardo do fracasso se tornava quase insuportável, o homem inevitavelmente voltava-se para as promessas mais sem fundamento.”
“Houve uma época em que uma consciência limpa podia ser comprada pelo preço de um momento de vergonha.”
“Se, pensou ele, com saudade e um pouquinho de amargura, eu pudesse recapturar a minha pureza de motivos com tanta facilidade, seria um tolo se não me aproveitasse disso.”
“Não obstante, continuava ciente da misturada de seus motivos; eles só tinham começado a importuná-lo depois que ele soubera do fracasso; todas as suas vaidades, mesquinharias e pecadilhos teriam sido varridos para o nada na emoção e altruismo da vitória.”
“Eles fizera tudo o que podia fazer; nada mais era esperado dele; eles lhe entregavam sua desesperança, o segredo de sua beleza e sua felicidade; bem como de seu sofrimento, e o conduziam para as trevas farfalhantes e folhudas.” (Stambool Train)

GRAMSCI

“A verdade é sempre revolucionária.”

GROUCHO MARX

“Há tantas coisas na vida mais importantes que o dinheiro! Mas, custam tanto!”

HANNAH ARENDT

“Violência não é prova de poder, é prova da falta de poder.”

HEBERTO PADILLA

“Uma vez amordaçada a imprensa não importa por quais motivos, a ignorância inegavelmente entra em cena, incontrolável.”

HIPPÓCRATES

“Há, verdadeiramente, duas coisas diferentes: saber e crer que se sabe. A ciência consiste em saber; em crer que se sabe está a ignorância.”

HUMOR NEGRO

“Bebo para tornar as pessoas interessantes.”
“Pobre quando come galinha um dos dois está doente.”
“Os cisnes cantam antes de morrer. Algumas pessoas deveriam cantar antes de cantar..”
“As mulheres casadas vivem mais que os homens - ou pelo menos as viúvas..”
“O dinheiro não é tudo e, muitas vezes não é nem mesmo suficiente..”
“Se todos economistas fossem colocados lado a lado, não chegariam a uma conclusão.”
“O melhor movimento feminino ainda é o dos quadris.”
“Quando um filósofo completa uma resposta, ninguém se lembra mais da pergunta..”
“Pode ser um pecado pensar mal dos outros. Mas raramente é um engano.”
“Londres: um lugar ideal para se pegar bronquite.”
“Há três coisas de que sempre me esqueço: rostos, nomes e a terceira...não me lembro..”
“Uma das poucas vantagens de ser pobre é a de que sai muito mais em conta.”
“Teoria é quando se sabe tudo e nada funciona. Prática é quando tudo funciona e ninguém sabe por quê. Neste recinto, conjugam-se teoria e prática: nada funciona e ninguém sabe por quê.”
“Um cientista eminente anunciou que, em sua opinião, vida inteligente é possível em muitos planetas - inclusive na terra..”

JACOB BURCKHARDT

“Na história, o caminho da aniquilação é invariavelmente preparado pela degeneração interna, pela redução da vida. Somente então, um choque de fora dá fim ao conjunto.”

JAMES JOYCE

“Quero acordar do pesadelo da história.”

JOÃO GUIMARÃES ROSA



“Viver é negócio muito perigoso.”

“Mocidade. Mas mocidade é tarefa para mais tarde se desmentir.”

“Quem vai em caça, perde o que não acha.”

“Moço: toda saudade é uma espécie de velhice.”

“O amor, já de si, é algum arrependimento.”

“Um homem morre mais que vive..”

“Por que é que separação é dever tão forte.”

“Uma tristeza meiga, muito definitiva.”

“A gente só sabe bem aquilo que não entende..”

“Eu sou donde nasci.  Sou de outros lugares.”

“Será que tem um ponto certo, dele a gente não podendo mais voltar?”

“Eu tinha culpa de tudo, na minha vida, e não sabia como não ter. Apertou em mim aquela tristeza, da pior de todas, que é a sem razão de motivo.”

 “Os fatos passados obedecem à gente; os em vir também..”
O senhor ache e não ache. Tudo é e não é ...

Passarinho que debruça – o voo já está pronto.

Sou só um sertanejo, nessas altas ideias navego mal. Sou muito pobre coitado. Inveja minha pura é de uns conforme o senhor, com toda leitura e suma doutoração.

Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.

Deus é paciência. O contrário é o diabo.

O mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas – mas que elas vão sempre mudando.


O jagunço Riobaldo. Fui eu? Fui e não fui. Não fui! – porque não sou, não quero ser.

Eu careço de que o bom seja bom e o rúim ruím, que dum lado esteja o preto e do outro o branco, que o feio fique bem apartado do bonito e a alegria longe da tristeza! (...) Este mundo é muito misturado ...

Mas, na ocasião, me lembrei dum conselho de Zé Bebelo, na Nhanva, um dia me tinha dado. Que era: que a gente carece de fingir às vezes que raiva tem, mas raiva mesma nunca se deve de tolerar de ter. Porque, quando se curte raiva de alguém, é a mesma coisa que se autorizar que essa própria pessoa passe durante o tempo governando a ideia e o sentir da gente.

A morte é para os que morrem.

A vida da gente vai em erros, como um relato sem pés nem cabeça, por falta de sisudez e alegria. Vida devia de ser como sala do teatro, cada um inteiro fazendo com forte gosto seu papel, desempenho.

Preto é preto? branco é branco? Ou: quando é que a velhice começa, surgindo de dentro da mocidade.

No centro do sertão, o que é doideira às vezes pode ser a razão mais certa e de mais juízo!

Sertão é isto: o senhor empurra para trás, mas de repente ele volta a rodear o senhor dos lados. Sertão é quando menos se espera.

O bom da vida é para cavalo, que vê capim e come.

Passarinho cai de voar, mas bate suas asinhas no chão.

Ser ruim, sempre, às vezes é custoso, carece de perversos exercícios de experiência.

O espírito da gente é cavalo que escolhe estrada.

Medo, não, mas perdi a vontade de ter coragem.


O sertão é sem lugar.

Rir, antes da hora, engasga.

Vivendo, se aprende; mas o que se aprende, mais, é só fazer outras maiores perguntas.

Somente com a alegria é que a gente realiza bem – mesmo até as tristes ações.

O senhor sabe o que é silêncio é? É a gente mesmo, demais.


E sei que em cada virada de campo, e debaixo de sombra de cada árvore, está dia e noite um diabo, que não dá movimento, tomando conta.

Tudo que é bonito é absurdo – Deus estável.

Liberdade – aposto – ainda é só alegria de um pobre caminhozinho, no dentro do ferro de grandes prisões.

Sertão é o sozinho.

Sertão: é dentro da gente.

Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende.

Só se pode viver perto de outro, e conhecer outra pessoa, sem perigo de ódio, se a gente tem amor. Qualquer amor já é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.

Tudo que já foi, é o começo do que vai vir, toda a hora a gente está num cômpito.

Um sentir é do sentente, mas o outro é o do sentidor.

Para o prazer e para ser feliz, é que é preciso a gente saber tudo, formar alma, na consciência; para penar, não se carece.

Obedecer é mais fácil do que entender.

Onde é que está a verdadeira lâmpada de Deus, a lisa e real verdade?

Tive medo não. Só que abaixaram meus excessos de coragem.



Lugar sertão se divulga: é onde os pastos carecem de fechos; onde um pode torar dez, quinze léguas, sem topar com casa de morador; e onde criminoso vive seu cristo-jesus, arredado do arrocho de autoridade.

Do demo? Não gloso. Senhor pergunte aos moradores. Em falso receio, desfalam no nome dele dizem só: o Que-Diga. Vôte! não... Quem muito se evita, se convive.
(...) Não seja. Eu, pessoalmente, quase que já perdi nele a crença, mercês a Deus; é o que ao senhor lhe digo, à puridade. Sei que é bem estabelecido, que grassa nos Santos-Evangelhos. Em ocasião, conversei com um rapaz seminarista (...) Me concebo. O senhor não é como eu? Não acreditei patavim. 

O senhor vê: existe cachoeira; e pois? Mas cachoeira é barranco de chão, e água se caindo por ele, retombando; o senhor consome essa água, ou desfaz o barranco, sobra cachoeira alguma? Viver é negócio muito perigoso...

O senhor saiba: eu toda a minha vida pensei por mim, forro, sou nascido diferente. Eu sou é eu mesmo. Divêrjo de todo o mundo... Eu quase nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.

Deus é paciência. O contrário, é o diabo. 

Sertão. O senhor sabe: sertão é onde manda quem é forte, com as astúcias. Deus mesmo, quando vier, que venha armado! 

O senhor... Mire e veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando. Afinam ou desafinam. Verdade maior. É o que a vida me ensinou. Isso que me alegra, montão.

A gente quer passar um rio a nado, e passa; mas vai dar na outra banda é num ponto muito mais embaixo, bem diverso do em que primeiro se pensou. Viver nem não é muito perigoso?

Quem-sabe, a gente criatura ainda tão ruim, tão, que Deus só pode às vezes manobrar com os homens é mandando por intermédio do diá?

O que não é Deus, é estado do demônio. Deus existe mesmo quando não há. Mas o demônio não precisa de existir para haver – a gente sabendo que ele não existe, aí é que ele toma conta de tudo.

Cavalo que ama o dono, até respira do mesmo jeito.

Quem desconfia fica sábio.

 Senhor sabe: Deus é definitivamente, o demo é o contrário Dele...


-"Vou lhe falar. Lhe falo do sertão. Do que não sei. Um grande Sertão. Não sei. Ninguém ainda não sabe. Só umas rarí­ssimas pessoas -e só essas poucas veredas, veredazinhas".

Eu estou depois das tempestades.
O senhor nonada conhece de mim; sabe o muito ou o pouco? O Urucuia é ázigo... Vida vencida de um, caminhos todos para trás, é história que instrui vida do senhor algum? O senhor enche uma caderneta... O senhor vê aonde é o sertão? Beira dele, meio dele?... Tudo sai é mesmo de escuros buracos, tirante o que vem do Céu. Eu sei.

-"Eu sei que isto que estou dizendo é dificultoso, muito entrançado. Mas o senhor vai avante. Invejo é a instrução que o senhor tem. Eu queria decifrar as coisas que são importantes. E estou contando não é uma vida de sertanejo, seja se for jagunço, mas a matéria vertente. Queria entender do medo e da coragem, e da gã que empurra a gente para fazer tantos atos, dar corpo ao suceder. O que induz a gente para más ações estranhas, é que a gente está pertinho do que é nosso, por direito e não sabe, não sabe, não sabe!"

"O que não é Deus, é estado do demônio. Deus existe mesmo quando não há.Mas o demônio não precisa de existir para haver."

"A força de Deus quando quer - moço! - me dá o medo pavor! Deus vem vindo: ninguém não vê. Ele faz é na lei do mansinho - assim é o milagre. E Deus ataca bonito, se discutindo, se economiza." 


"Mas o demônio não existe real. Deus é que deixa se afinar à vontade o instrumento, até que chegue a hora de se dançar." 

"Deus come escondido, e o Diabo sai por toda a parte lambendo o prato." 

E, outra coisa, o Diabo, é às brutas; mas Deus é traiçoeiro! Ah, uma beleza de traiçoeiro - dá gosto! A força dele, quando quer - moço ! - me dá o medo pavor! Deus vem vindo: ninguém não vê. Ele faz é na lei do mansinho - assim é o milagre. E Deus ataca bonito, se divertindo, se economiza.


Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende. 

Sertão. O senhor sabe: sertão onde manda quem é forte, com as astúcias.

O senhor sabe o que o silêncio é? É a gente mesmo, demais.

Se não, o senhor me diga: preto é preto? branco é branco? Ou: quando é que a velhice começa, surgindo de dentro da mocidade? 

Que isso foi o que sempre me invocou, o senhor sabe: eu careço de que o bom seja bom e o ruim ruim, que dum lado esteja o preto e do outro o branco, que o feio fique bem apartado do bonito e a alegria longe da tristeza! Quero os todos pastos demarcados... Como é que posso com este mundo? Este mundo é muito misturado. 

Jagunço é isso. Jagunço não se escabreia com perda nem derrota - quase tudo para ele é o igual.

Viver é um descuido prosseguido.

"Mas, onde é bobice a qualquer resposta, é aí­ que a pergunta se pergunta". 

sertão é do tamanho do mundo.

Vingar, digo ao senhor: é lamber, frio, o que o outro cozinhou quente demais.

Quem desconfia, fica sábio.

Sertão é o sozinho.

Sertão : é dentro da gente.

...sertão é sem lugar.

Tem horas em que penso que a gente carecia, de repente, de acordar de alguma espécie de encanto.

A lembrança da vida da gente se guarda em trechos diversos, cada um com seu signo e sentimento, uns com os outros acho que nem não misturam.

Mesmo o que estou contando, depois éque eu pude reunir relembrado e verdadeiramente entendido - porque, enquanto coisa assim se ata, a gente sente mais é o que o corpo a próprio é: coração bem batendo.

A gente tem de sair do sertão! Mas só se sai do sertão é tomando conta dele a dentro... 

Mocidade. Mas mocidade é tarefa para mais tarde se desmentir. (...) limpamos o vento de quem não tinha ordem de respirar, e antes esses desrodeamos. 

Sertão. Sabe o senhor: sertão é onde o pensamento da gente se forma mais forte que o poder do lugar. Viver é muito perigoso... 

O senhor sabe? Já tenteou sofrido o ar que é saudade? Diz-se que tem saudade de idéia e saudade de coração... 

Moço: toda saudade é uma espécie de velhice.

O amor, já de si, é algum arrependimento.



Como não ter Deus?! Com Deus existindo, tudo dá esperança: sempre um milagre é possí­vel, o mundo se resolve. Mas, se não tem Deus, há-de a gente perdidos no vai-vem, e a vida é burra. É o aberto perigo das grandes e pequenas horas, não se podendo facilitar, é todos contra os acasos. Tendo Deus, é menos grave se descuidar um pouquinho, pois no fim dá certo. 

Sempre sei, realmente. Só o que eu quis, todo o tempo, o que eu pelejei para achar, era uma coisa só - a inteira - cujo significado e vislumbrado dela eu vejo que sempre tive. A que era: que existe uma receita, a norma dum caminho certo, estreito, de cada uma pessoa viver - e essa pauta cada um tem - mas a gente mesmo, no comum, não sabe encontrar; como é que, sozinho, por si, alguém ia poder encontrar e saber?

As pessoas, e as coisas, não são de verdade! E de que é que, a miúde, a gente adverte incertas saudades?.

De cada vivimento que eu real tive, de alegria forte ou pesar, cada vez daquela hoje vejo que eu era como se fosse diferente pessoa. 

O real roda e põe adiante. - 'Essas são as horas da gente. As outras, de todo tempo, são as horas de todo - ' me explicou o compadre meu Quelemém. 

-'Adianta querer saber muita coisa? O senhor sabia, lá para cima - me disseram. Mas, de repente chegou neste sertão, viu tudo diverso diferente, o que nunca tinha visto. Sabença aprendida não adiantou para nada... Serviu algum? 

Tem horas antigas que ficaram muito mais perto da gente do que outras, de recente data. O senhor mesmo sabe. 

Mas, onde é bobice a qualquer resposta, é aí­ que a pergunta se pergunta. 

O que ele queria era botar na cabeça, duma vez o que os livros dão e não. 

A gente só sabe bem aquilo que não entende. 

Porque ainda não se sabe. Porque aprender-a-viver é que é o viver, mesmo. O sertão me produz, depois me engoliu, depois me cuspiu do quente da boca... O senhor crê minha narração?. 

A gente sabe mais de um homem éo que ele esconde. 

Mas, esse norteado, tem. Tem que ter. Se não, a vida de todos ficava sendo sempre o confuso dessa doideira que é. 

Para as coisas que há de pior, a gente não alcança fechar as portas.

Vivendo , se aprende; mas o que se aprende, mais, é só a fazer outras maiores perguntas.

...amor só mente para dizer maior verdade.

... quem ama é sempre muito escravo, mas não obedece nunca de verdade.

Contar é muito dificultoso. Não pelos anos que se já passaram. Mas pela astúcia que tem certas coisas passadas - de fazer balancê, de se remexerem dos lugares.

Homem? É coisa que treme. Cada hora, de cada dia, a gente aprende uma qualidade nova de medo! 

O sertão está em toda a parte. 

Todos não vendem? Digo ao senhor: o diabo não existe, não há, e a ele eu vendi a alma. Meu medo é esse. A quem vendi? Medo meu é esse, meu senhor: então, a alma, a gente vende, só, é sem nenhum comprador. 

A vida da gente nunca tem termo real.

Explico ao senhor: o diabo vige dentro do homem, os crespos do homem - ou éo homem arruinado ou o homem dos avessos. 

Surgiu o silêncio deles todos... - me enfezei. Ali naquel'horinha foi que eu lambi a idéia de como às vezes devia ser bom ter grande poder de mandar em todos, fazer a massa do mundo rodar e cumprir os desejos bons da gente.

Viver é muito perigoso... Porque aprender a viver é que é o viver mesmo... Travessia perigosa, mas é a da vida. Sertão que se alteia e abaixa... O mais difí­cil não é um ser bom e proceder honesto, dificultoso mesmo, é um saber definido o que quer, e ter o poder de ir até o rabo da palavra. 

Acordei último. Alteado só se podia nadar no sol. Aí­, quase que não se passavam mais os bandos de pássaros. Mesmo perfiz: que o dia ia dever ser bonito, firme. Chegou o Cavalcânti, vindo do Cererê -Velho, com recado: nenhumas novidades. Para o Cererê-Velho recambiei aviso: nenhumas novidades minhas também. O que positivo era, e do que os meus vigiadores do rededor davam confirmação. Antes, mesmo, por mais, que eu quisesse ficar previnido, o dia era de paz. 

Diadorim a vir - do topo da rua, punhal em mão, avançar - correndo amouco... Aí­, eles se vinham, cometer. Os trezentos passos. Como eu estava depravado a vivo, quedando. Eles todos, na fúria, tão animosamente. Mas eu! Arrepele que não prestava para tramandar uma ordem, gritar um conselho. Nem cochichar comigo pude. Boca se encheu de cuspes. Babei... Mas eles vinham, se avinham, num pé-de-vento, no desadoro, bramavam, se investiram... Ao que - fechou o fim e se fizeram. 

Diadorim tinha morrido - mil-vezes-mente - para sempre de mim; e eu sabia, e não queria saber, meus olhos marejavam.
- "E a guerra?!" - eu disse.
- "Chefe, Chefe, ganhamos, que acabamos com eles!...(...)
Nas vozes, nos fatos, que agora todos estavam explicando: por tanto que, assim tristonhamente, a gente vencia. 

Foi assim. Eu tinha me debruçado na janela, para poder não presenciar o mundo.

Mas, por fim, eu tomei coragem , e tudo perguntei:
-"O senhor acha que a minha alma eu vendi , pactário?! "
Então ele sorriu, o pronto sincero, e me vale me respondeu :
-"Tem cisma não. Pensa para diante. Comprar ou vender, às vezes, são as ações que são as quase iguais ..."

Amável senhor me ouviu, minha idéia confirmou: que o Diabo não existe. Pois não? O senhor é um homem soberano, circunspecto. Amigos somos. Nonada. O diabo não há! É o que eu digo, se fôr ... Existe é homem humano. Travessia.

“Viver é negócio muito perigoso.”
“Mocidade. Mas mocidade é tarefa para mais tarde se desmentir.”
“Quem vai em caça, perde o que não acha.”
“Moço: toda saudade é uma espécie de velhice.”
“O amor, já de si, é algum arrependimento.”
“Um homem morre mais que vive..”
“Por que é que separação é dever tão forte.”
“Uma tristeza meiga, muito definitiva.”
“A gente só sabe bem aquilo que não entende..”
“Eu sou donde nasci.  Sou de outros lugares.”
“Será que tem um ponto certo, dele a gente não podendo mais voltar?”
“Eu tinha culpa de tudo, na minha vida, e não sabia como não ter. Apertou em mim aquela tristeza, da pior de todas, que é a sem razão de motivo.”
 “Os fatos passados obedecem à gente; os em vir também..”

JOHN DONNE

“Now this bell, tolling softly for another, says to me, thou must die.”
“A eternidade não é um fluxo de tempo que dura para sempre, mas o tempo é um curto parêntesis dentro de um longo período.”

JOHN LE CARRÉ

“They hated him because he suceeded in being what each in his heart longed to be: a mistery.” (The Spy Who Came From the Cold)

JOHN KENNETH GALBRAITH

“Reuniões são indispensáveis quando não se quer fazer nada.”
“Todo plano de estabilização incorpora a vitória da esperança sobre a experiência.”

JOSEPH CONRAD

“Fez inúmeras viagens, conheceu a mágica monotonia da existência entre o céu e a água.”
“Ser haver experimentado dessas provas a que o mar às vezes submete um homem, patenteando o seu íntimo valor, mostrando a têmpera de seu caráter e a substância de seu ser, e que revelam a si próprio, tanto como aos outros, a sua força de resistência e a verdade profunda oculta sob as suas aparências.”
“Os terrores se apagam e, por falta de estimulante, a imaginação, inimiga dos homens e mãe do medo, empalidece na anemia das emoções esgotadas.”
“Havia perfumes naquela brisa, uma sugestão de repouso eterno, uma oferenda de sonhos sem fim.”
“Sua vida parecia correr numa confusão anelante de projetos, de esperanças, de perigos, de empreendimentos, à margem da civilização, nas paragens sombrias do mar, e a sua morte era, em sua fantástica existência, o único acontecimento que parecia impor-se com uma razoável certeza.”
“...e, em tudo o que eles diziam, nos seus gestos, nos seus olhares, na sua pessoa, traía-se o ponto fraco, a corda sensível, o irresistível desejo de uma existência de ociosidade sem perigo.”
“Seus olhos, errando sobre a linha do horizonte, pareciam mergulhar avidamente no insondável, sem distinguir a sombra do acontecimento prestes a suceder.”
“Viu uma sombra silenciosa e negra, que tinha já devorado um terço do céu.. Sabem o que são essas coisas ali, naquela época do ano?  Começa-se por ver simplesmente o horizonte escurecer-se; depois uma nuvem se eleva, opaca como um muro. Uma crista direita de vapores, franjada de clarões sujos e lívidos, surge do sudoeste e devora as estrelas por constelações inteiras;; sua sombra voa sobre as ondas e confunde o céu e o mar num abismo único de escuridão.. Tudo é calmo, no entanto; nem trovão, nem vento, nem o mínimo relâmpago. Depois, na imensidade das trevas, desenha-se uma abóbada empalidecida; sente-se passar uma ou duas ondulações, como o estremecer da própria escuridão, e, de súbito, vento e chuva se desencadeiam numa impetuosidade única, como se acabassem de fazer irrupção através de uma superfície sólida.”
“Nada mais que a noite e o silêncio.”
“Até que não se tenha mais força, nem coragem, nem esperança; até que não se seja mais que uma casca vazia de homem.”
“É preciso ver como as coisas são, senão não vale a pena insistir : é porque então nunca se fará coisa alguma no mundo.”
“Dir-se-ia que a solidão é uma condição terrível e absoluta da existência.”
“A verdade, sem dúvida, é que é impossível acabar com o fantasma de um fato. Pode-se afrontá-lo ou fugir diante dele.”(Lord Jim)
“Coisa esquisita é a vida - esse misterioso arranjo de lógica cruel para um objetivo fútil. O máximo que se pode esperar dela é algum conhecimento de si mesmo - que chega tarde demais - uma colheita de inextinguíveis arrependimentos. Eu lutei com morte. É a disputa mais sem excitação que se pode imaginar. Realiza-se num cinza implacável, sem nada sob os pés, nada em volta, sem espectadores, sem clamor, sem glória, sem o grande desejo da vitória, sem o grande temor da derrota, numa doentia atmosfera de tépido cepticismo, sem muita crença em nosso próprio direito, e ainda menos no do adversário.” (Heart of Darkness)

JUNG

“A sensação para ser pura e viva, não deve trazer consigo nenhum julgamento, nem ser influenciada ou dirigida; ela deve ser irracional.”

LAURENCE STERNE

“A gravidade, misteriosa atitude do corpo para ocultar os defeitos da mente.”

LLORENÇ VILLALONGA

“O presente não existe; é um ponto entre a ilusão e a saudade.”

LORD ACTON

“O poder tende a corromper e o poder absoluto corrompe absolutamente.”

LUDWIG WITTGENSTEIN

“Sentimos que mesmo depois de serem respondidas todas as questões científicas possíveis, os problemas da vida permanecem completamente intactos.”

MACHADO DE ASSIS

“Não tive filhos, não transmiti a nenhuma criatura o legado de nossa miséria.”
“Não te irrites se te pagarem mal um benefício : antes cair das nuvens, que de um terceiro andar.”
“Suporta-se  com paciência a cólica do próximo.”
“Crê em ti; mas nem sempre duvides dos outros.”

MALLARMÉ

“La chair est triste - hélas - e j’ai lu tous les livres.”

MAO TSE TUNG

“Essas poucas palavras podem ser minha última mensagem. A vida humana é curta mas a revolução não tem limites. Tentei, em minha luta, alcançar os píncaros da revolução. Não tive êxito. Deixo com você a esperança de chegarmos lá. Mas saiba que, se fracassar, mergulhará no abismo. Seu corpo será esquartejado. Seus ossos serão despedaçados.”

MAQUIAVEL

“Há duas formas de lutar, uma com base na lei, e a outra com base na força. A primeira é própria do homens, e a segunda das bestas.. Mas o primeiro método é, não raro, insuficiente, e tem-se de apelar para o segundo.”
“Um governante prudente não deve respeitar seus compromissos se isso se opuser aos seus interesses.”
“Os homens de um modo geral, têm muito mais facilidade em prejudicar a uma pessoa que se faz amada, do que a uma que se faz temida.”
“É difícil ser amado e temido ao mesmo tempo. No caso de não se conseguir reunir ambas as condições, então, o melhor mesmo é ser temido.”

MARCEL PROUST

“Os verdadeiros paraísos são os paraísos perdidos.”

MARK TWAIN

“Geralmente levo mais de três semanas para preparar um bom discurso de improviso.”
“É preciso tomar cuidado com os livros de medicina; pode-se morrer por causa de uma errata.”

MÁRIO QUINTANA

“Há vidas, longas vidas que deixam em nossa lembrança - não uma história mas um certo ar, um clima, uma presença apenas.”
“A natureza é barroca. O sonho é barroco. Portanto, o que teriam vindo fazer neste mundo as colunas gregas?”

MARTIN HEIDEGGER

“Quem pensa grande também erra grande..”

MARX

“Culturas primitivas persistem, mas não evoluem.”
“A história só se repete como farsa.”

MELVILLE

“Todas as coisas nobres têm um toque de melancolia.
“As coisas mais maravilhosas são sempre as que não se mencionam; as recordações profundas não permitem epitáfios..”
“Mas é inútil divulgar profundidades; e toda verdade é profunda.”

MIGUEL DE CERVANTES

“O medo tem muitos olhos e enxerga coisas nos subterrâneos.”

MILLOR FERNANDES

“Minha infância, a adolescência, foram muito boas - com durezas quase insuportáveis e momentos perto de inesquecíveis.. Só lamento que tenham tomado mais da metade da minha vida.. Preferia ter reservado tempo maior para os dias de hoje. Pois a maturidade é o melhor da existência, onde se pode comparar e jogar, saber o que é em relação ao que foi.”
“Admirável a estabilidade institucional da Inglaterra - só chegou a Jorge VI e Henrique VIII. Se fosse a Bolívia, já estava com Henrique XLIX e Jorge CXVIV!”
“O máximo de distorção ideológica é um mendigo ter medo do comunismo!”
“O tempo não existe, só existe o passar do tempo.”
“O momento é totalmente vago, fugidio, não tem realidade. Estamos na angústia do que perdemos definitivamente - mais 365 dias que se afundaram no buraco negro, para sempre - e no fulgor do primeiro minuto do que virá, algo novo, polido, outra coisa. É, ainda não chegou, e talvez jamais chegue.”
“Por mais hábil que seja, o político acaba sempre cometendo alguma sinceridade.”
“Em terra de cego quem tem um olho chora com o que vê.”
“Entre a verdade e a mentira, existe muito mais mentira que verdade.”
“Por que lutam os bravos? Querer liberdade é coisa de escravos.”
“Conheço alguns escritores que morreram aos 30 anos e só conseguiram entrar na Academia aos 60 anos.
“Bem cedo eu percebi que já era tarde.”
“Nos Estados Unidos há muitos atentados a presidentes porque, por melhor que seja o presidente, o criminoso sempre tem a esperança de substituí-lo por outro melhor. No Brasil não há atentado porque, por pior que seja o presidente, o povo sabe que não há nada melhor.”
“Democracia é eu mandar em você. Ditadura é você mandar em mim.”
“Assumir o poder é o começo do erro.”
“Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem.”

MORGAN FOSTER

“Entre trair um amigo e meu país, espero ter a coragem de trair o país.”

NIETZSCHE

“Os maiores acontecimentos e pensamentos - mas os maiores pensamentos são os maiores acontecimentos - são os que mais tardiamente são compreendidos.”
“Só a arte tem o poder de transformar aqueles pensamentos enjoados sobre o horror e o absurdo da existência em representações com as quais é possível viver. São elas: o sublime, enquanto domesticação artística do horrível, e o cômico, enquanto descarga artística da náusea do absurdo.”

OLIVER CROMWELL

“Vai mais longe aquele que não sabe para onde vai.”
“Estava possuído de sua missão de transformar este mundo desigual e injusto num mundo racional e sábio. (Sobre Cromwell)

OSCAR WILDE

“Ser natural, também, não passa de uma pose, e a mais irritante que conheço.”
“Um livro não é, de modo algum, moral ou imoral, os livros são bem ou mal escritos. Eis tudo.”
“Toda arte é completamente inútil.”
“A gente sempre mata aquilo que ama ; os fortes com um punhal , os covardes com um sorriso.” (Balada do Cárcere)
“Qualquer homem pode chegar a ser feliz com uma mulher, contanto que não a ame.”
“O trabalho é o refúgio dos que não têm nada que fazer.”
“O homem é menos ele mesmo quando fala na sua própria pessoa. Dê-lhe uma máscara e ele dirá a verdade.”
“Existem apenas duas tragédias no mundo. Uma é não conseguir o que se quer; a outra é conseguir.”

PABLO NERUDA

“A timidez é uma condição estranha da alma, ima categoria e uma dimensão que se abre para a solidão..”

PASCAL

“Quanto mais inteligente é um homem, mais originalidade ele descobre nos homens. Pessoas ordinárias não enxergam nenhuma diferença entre eles.”
“Novas revelações podem estar erradas mas são absolutamente necessárias para se chegar as certas. Conhecemos a verdade não apenas pela razão mas, muito mais, pelo coração.”

PAUL KLEE

“A pintura não tem nada a haver com a verdade. A arte é mentirosa. O pintor é aquele que consegue convencer os outros da veracidade de suas mentiras.”

PAULO FRANCIS

“Em Gardner é um deboche sofrido, provavelmente somada a uma vulnerabilidade emocional que achamos estranha e agradável naquele gigante. Janssen sugeria um enorme cansaço... uma ironia doida, uma convicção de que nada vale nada, mas que enfim melhor fazer o esforço.”
“Mas o convívio com o gênio, se arrasador, por ser arrasador, nem sempre nos é confortável.”
“O que mais destroi uma criatura humana é a perda de confiança em si própria.”
“Vencer não é a coisa mais importante, é a única coisa importante.”
“Muito sofre quem padece.”
“O que há de comum entre nós é que não nos interessamos o bastante pelos outros, vivemos nossas abstrações particulares mais intensamente que qualquer contacto humano. É o nosso segredo.”
“O seguro é organizar a vida da gente , pensando duas vezes antes de agir, o primeiro impulso é sempre generoso e portanto estúpido.”
“O berço nos parece esplêndido porque desconhecemos outros cenários. E temos raiva de quem conhece.”
“É só enquanto orquestramos o corpo e a mente, na juventude, que o tempo parece ter profundidade, justamente por sofrermos o nosso desajuste a cada instante, puxados a isso e aquilo, sem encontrar a harmonia exata, repetindo acordes, experimentando teclas. Quando a peça musical emerge completa, corre rápida e dura pouco.”
“Só se desilude quem se iludiu.”
“Morremos uma vez só.. Felizmente, porque nascemos diversas. A primeira é a menos dolorosa.”
“É difícil, é fatalmente doloroso, pois todos descobrimos cedo ou tarde que somos muito menos do que desejaríamos e que nossas causas são tão falíveis quanto a nossa humanidade que as criou.”
“Era bom crer, era a aurora de minha vida, mas isto de querer fazer manha quando a realidade e nossos valores se provam frágeis, não querendo reconhecer que talvez tenham sido um lamentável equívoco da nossa parte, é atrofia da alma, é a condenação a eterna infância do subdesenvolvimento.”
“Vivemos de nossas memórias.. E na primavera a crueldade é maior porque a natureza renasce e nos lembramos mais vivamente de que já ousamos tanto e sentimos tanto antes que a multidão nos atropelasse.”
“Não é curioso que a revolução mais nobre já feita pelo homem tenha degenerado numa das maiores tiranias que a terra já conheceu.”
“Não há condicionamentos sociais que modifiquem a natureza do homem, a ambivalência entre a afetividade e agressão. Transformações políticas radicais que eliminem a liberdade burguesa e política, certamente dará aos donos da verdade, ainda que sob o rótulo da fraternidade e do bem da maioria uma oportunidade de exercer com maior força ainda a agressão inata do ser humano.”
“Os intelectuais fizeram a revolução francesa e a soviética. A primeira sobreviveu de certa forma, porque, paradoxalmente, foi derrotada na forma distorcida que assumiu sob Napoleão. A soviética venceu e o resultado é o leviatã stalinista.”
“As massas não têm capacidade de se dirigirem a si próprias. O PC tem de ser a vanguarda e conduzi-las a pau se necessário. As massas preferem futebol. Lenin definiu o Bolchevismo como anti-pluralista. Um partido de profissionais e dirigido com mão de ferro, o centralismo burocrático..”
“A poderosa sensação de que : nossas paixões existem apenas num estreito e intenso caminho mental subjetivo mas a que terminamos nos amarrando de vez, até morrer.”
“Em Amérika, seu último livro, um orteiro-chefe de um grande hotel, há 30 anos, confunde a identidade de dois hóspedes e pede demissão dizendo: “Como é que eu poderia continuar sendo porteiro-chefe se cometo erros como esse?” Kafka está falando de que não importa a nossa posição, se temos ou não dinheiro, saúde, mulheres, ou poder; se percebemos o que é a vida, sabemos que somos prisioneiros de alguma armadilha, que nos impede de ser nós mesmos, que nos tritura a alma, em graus variados de sofrimento e velocidade, mas certeira. Nem adianta tentar compreender por quê. A maioria de nós silencia, tenta dar a volta por cima e se entrega a alguma paixão, obsessão, ou hobby, que nos faça fugir a consciência de nós mesmos..”

PROVÉRBIOS DE SALOMÃO

“A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possues adquire o conhecimento.”
“Na vereda da justiça está a vida, e no caminho da sua carreira não há morte.”
“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.”
“Não há sabedoria , nem inteligência nem conselho contra o senhor.”
“Melhor é a repreensão aberta do que o amor  encoberto.”
“Quando cair o seu inimigo, não te alegres, nem quando tropeçar se regozije seu coração.”

RABINDRANATH TAGORE

“Erros iludem o ser humano porque vivem na vizinhança da verdade.”

RACINE

 “J’aimais jusq’a seus pleurs, que je faisais couler! ( Eu amava até suas lágrimas que eu fazia correrem.” (Nero)

RICHAR BUCKMINSTER FULLER

“Hoje em dia, todo mundo está se especializando. É um erro.. Várias espécies biológicas se extinguiram porque se superespecializaram.”

ROBERT KOCH

“Quando um médico segue um enterro, às vezes a causa segue seu efeito.”

SAINT JUST

“Os infelizes são a força da terra.”

SANDRO PERTINI

“Às vezes na vida é preciso saber lutar não apenas sem medo, mas também sem esperança.”

SCOTT FITZGERALD

“Cultura é essencialmente a capacidade de manter duas ideias na cabeça e ainda assim tomar posição.”
“Em meus anos mais juvenis e vulneráveis, meu pai me deu um conselho que jamais esqueci : - Sempre que você tiver vontade de criticar alguém - disse-me ele - lembre-se de que criatura alguma neste mundo teve as vantagens que você desfrutou.”
“E assim prosseguimos, botes contra corrente, impelidos incessantemente para o passado.”
“Gatsby believed in the future that year by year recedes before us. It eluded us then, but that’s no matter - tomorrow we will run faster, stretch out arms farther....And one fine morning.” ( O Grande Gatsby)
“Pois é um segredo  bem conhecido dos grandes homens que ao concederem um favor, nem sempre fazem um amigo, mas criam infalivelmente muitos inimigos.”
“Os guardas mais fortes são colocados ao portão que a nada conduz. E isto talvez pelo fato de ser o vazio uma coisa muito vergonhosa para ser divulgada.”
“Algumas pessoas pensam que os outros sentem a respeito delas muito mais violentamente do que na realidade sentem. Acham que a opinião desses outros é nitidamente de aprovação e censura.”
“A Inglaterra era como um homem rico que após uma orgia desastrosa, procurasse dar atenção às pessoas de casa, conversando com cada uma em particular, podendo todos ver claramente que ele estava apenas tentando reaver o respeito próprio, a fim de recuperar o antigo prestígio.” (Suave é a Noite)

SÊNECA

“Parte de nosso tempo nos é arrebatada, parte é suavemente subtraída e parte desliza insensivelmente para longe.”
“Considero covarde aquele que morre por medo de sofrer,  e idiota aquele que vive para sofrer.

SHAKESPEARE

“We know what we are but we know not what we may be.”
“Somos para os deuses como insectos para crianças vagabundas, eles nos matam por divertimento.”
“Alguns vencem por seus crimes, outros são derrotados por suas virtudes.”

SHELLEY

“I can give not what men call love.”

SOMERSET MAUGHAN

“Como, Rolla, nasci tarde demais num mundo velho demais.”
“Mas às vezes a vingança é doce.”
“A melhor maneira de vencer o desejo é satisfazê-lo.” (O Fio da Navalha)
“Estava contraindo, ser dar por isso, o mais delicioso hábito de mundo - o hábito da leitura. Ignorava que assim construía um refúgio para os momentos amargos da vida; por outro lado ignorava também estar criando um mundo irreal que iria transformar o mundo real de todos os dias numa fonte de cruéis decepções.”
“Era tão jovem que ainda não sabia quão menor é o senso de obrigação dos que recebem favores do que dos que os prestam.”
“...porém, alcançar o sucesso não significava adquirir fama ou dinheiro.” (Servidão Humana)

SOREN KIERKEGAARD

“A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás;  mas só pode ser vivida olhando-se para a frente.”

SPINOZA

“A caridade é intrinsecamente indesejável porque é uma paixão.”

STALIN

“Half a million liquidated is a statistic and one man killed in a traffic accident is a national tragedy.”

T. S. ELIOT

“Every phrase and every sentence is an end and a beginning, very poem a epitaph. and any action is a step to the block, to the fire , down the sea’s throat.” (Little Gidding)
“A people without history, is not redeemed from time, for history is a pattern of timeless moments.” (Little Gidding)
“Mas nossos princípios ignoram sempre nossos fins.”
“Em um minuto apenas há tempo /  para decisões e revisões que um minuto revoga.”
“Pois já conheci a todos, a todos conhecia - sei dos crepúsculos, das manhãs , das tardes, medi minha vida em colherinhas de café.”
“Eu teria sido um par de despedaçadas garras / a esgueirar-me pelo fundo de mares silenciosos.”
“Não! Não sou o príncipe Hamlet, nem pretendi sê-lo / sou um lorde assistente, o que tudo fará / por ver surgir algum progresso, iniciar uma ou duas cenas, / aconselhar o príncipe ; enfim, um instrumento de fácil manuseio, / respeitoso, contente de ser útil, / político, prudente e meticuloso; / cheio de máximas e aforismos, mas algo obtuso; / às vezes, de fato, quase ridículo / quase o idiota às vezes.”
“Não creio que elas cantem por mim.”
“A voz retornava como a insistente atonia / de um violino quebrado numa tarde de agosto.”
“Esta melodia culmina com uma agonia de outono.” (Portrait of a Lady)
“Aquele que vivia agora já não vive / e nós que então vivíamos agora agonizamos / com um pouco de resignação.”
“Nem o silêncio vibra nas montanhas / apenas o áspero e seco trovão sem chuva / sequer a solidão floresce nas montanhas / apenas rubras faces taciturnas que escarnecem e rosnam / a espreitar nas portas de casebres calcinados”
“A tremenda ousadia de um momento de entrega  / que um século jamais revogará 14 - Com estes fragmentos foi que escorei minhas ruínas”
“These fragments I have shored against my ruins..” (The Waste Land)
“...Assim expira o mundo / não com uma explosão, mas com um suspiro.” (The hollow Men)
“O gênero humano não pode suportar tanta realidade.” (Burt Norton)
“A serenidade não passa de embrutecimento voluntário / a sabedoria encerra apenas o conhecimento de segredos mortos / inúteis na escuridão que assomaram / ou daquela de que seus olhos esquivaram. Há, nos parece, / em suma, apenas um limitado valor / no conhecimento que deriva da experiência.” (East Coker)
“A única sabedoria a que podemos aspirar / é a sabedoria da humildade : a humildade é infinita..” (East Coker)
“O que chamamos princípio é quase sempre o fim.” (Little Gidding)
“Fim é o lugar de onde partimos.” (Little Gidding)
“Assim, eis-me aqui na metade do caminho, e vinte anos se passaram - vinte anos a rigor esperdiçados, os anos de l’entre deux guerres - tentando apreender como empregar as palavras, e a cada tentativa é sempre um novo começar, e uma diversa espécie de fracasso / pois apenas se aprendeu a escolher o melhor das palavras / para o que não há mais a dizer, ou o meio pelo qual / não mais se está disposto a fazê-lo. E assim cada aventura / é um novo começo, uma rápida incursão ao inarticulado / com equipamento imprestável e em contínuo apodrecer / na desordem geral da imprecisão dos sentimentos. / Indisciplinadas esquadrias da emoção. E o que há por conquistar, / por força ou submissão, já foi descoberto uma, ou duas, ou várias vezes, por homens com quem não se pode  / pretender rivalizar - mas não se trata de competição - e sim uma luta para recuperar o que se perdeu / e encontrou-se e outras vezes se perdeu - e agora em condições que não parecem favoráveis. Mas talvez nem ganho nem perda. Para nós, há somente a tentativa. O resto não é de nossa conta.” (East Coker)
“Após tanto saber que perdão? Suponha agora que a história engendra muitos e ardilosos labirintos, estratégicos corredores e saídas, que ela nos seduz com sussurrantes ambições aliciando-nos com vaidades. Suponha agora que ela somente algo nos dá enquanto estamos distraídos. E, ao fazê-lo, com tal balbúrdia e controvérsia o oferta que a oferenda esfaima o esfomeado. E dá tarde demais aquilo em que já não confias, se é que nisto ainda confiavas, uma paixão apenas, uma paixão revisitada.” ( Gerontion)

TCHEKOV

“Não tenho carteira de identidade. Não sei minha idade...Não sei de onde venho...Sozinha, sempre sozinha, não tenha ninguém. E quem sou e porque sou é um mistério.” (O Cerejal)

TOLSTOI

“Todas famílias felizes se parecem entre si : as infelizes são infelizes cada uma a sua maneira.”
“O segredo da felicidade ano é fazer sempre o que se quer, mas querer sempre o que se faz.”

TRUMAN CAPOTE

“O dinheiro não tem a mínima importância, desde que a gente tenha muito.”

VEIT VALENTIN

“O gênio de Beethoven significava o contraponto do herói  do mundo visível, de Napoleão. Nele criou o espírito alemão o que podia de comparável e compensador.. Exprimia a emoção, a pulsação e a solicitação, a dúvida incessante, a luta apaixonada com o destino; nele havia fadiga, dor, o triunfo do heroísmo, o sossêgo bucólico, a fuga para a solidão, o combate viril, a vitória com seu deslumbramento, a derrota com sua desgraça e sua imortal esperança.” (História Universal)
“A contemplação do passado destroi ilusões; mas, se mais não faz, dá-nos antes de tudo, coragem e firmeza para o futuro; supera a morte e leva a vida para vida.”
“...uma misteriosa e mágica relação se estabelece entre coisas inteiramente diferentes. O que se sucede no tempo fica intimamente ligado entre si.”
“Só a paixão superada tornava possível também a aspereza e a gravidade da tragédia.”
“Constantino tinha uma natureza fria, irônica, difícil de penetrar, no íntimo talvez indecisa, que não hesitava perante nenhuma quebra de palavra e nenhum ato vergonhoso.”
“Conheceu os sofrimento de estar descontente consigo próprio e com todos, a tristeza da insaciabilidade, da insuficiência, do irrealizável, porque sentia o eterno.”
“Naufragou, caiu em desgraça, procurou ouro, erigiu fortalezas, alcançou as mais altas honras e morreu abandonado, mas cheio de fé a despeito de todas as dúvidas, todas as oposições, autor do seu feito, homem de fantasia e rígido observador ao mesmo tempo, pretensioso e susceptível, descontente mesmo depois do maior dos triunfos.”  (Sobre Colombo)
           
WALTER MONDALE

“Quem pensa que sabe o que vai acontecer, é porque deve estar muito mal-informado.”

WILLIAM BUTLER YEATS

“Aos melhores, falta convicção; aos piores, sobra intensidade apaixonada.”

WOODY  ALLEN

“Não é que eu tenha medo de morrer.. É que eu não quero estar lá quando isso acontecer...”






































Um comentário:

  1. Frases magníficas!!Não as li todas (confesso), muitas já conhecia.

    Uma das que me marcaram foi aquela 2ª do Bernard Shaw "Na idade média..nada que é óbvio é verdadeiro..." Incrívelmente real!!!
    Seu blog é muito completo...Gostei

    ResponderExcluir