Marina I. Jones Os Executivos Aventura Humana Tecnologia Mundo Rural Colaboradores

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Marina Jones se encontra com os presidenciáveis. - Capítulo 3

No capítulo anterior, Mis Jones assim que foi convidada para um jantar pelo comandante Chaves, sacou imediatamente sua asa delta inflável, e saltou do alto da cachoeira de Salto Angel, rumo ao desconhecido da mata Amazônica, em meio a uma neblina tão espessa que ela teve que usar seu canivetito suíço para ir abrindo caminho nos ares. Infelizmente nossa aventureira foi detectada pelos modernos radares que cobrem a floresta: um índio chucro pendurado no alto de uma árvore milenar sentiu uma estranha vibração no ar, enquanto tomava uma golada e outra de Kauim (água ardente indígena). Olhou a tempo de ver o vulto da asa delta de Mis Jones se afastando no horizonte.

- Well, se não for um pterossauros ou nossos amigos das FARC só pode ser um avião do império do mal do Obama. Na dúvida ele acionou imediatamente seu cutting edge IP communications system, provocando um incêndio na mata de proporções continentais, cujas labaredas foram responsáveis por vários focos de incêndios registrados na Rússia e em Lisboa nesta semana, os quais reduziram a cinzas o quartel general de fiel escudeira de Mis Jones, a mini freira Ninja, engolida por um solitário boto cor de rosa no último capítulo.

- É drurys tere que reconstruire tudo novamente, hic, hic -disse um desolado assecla da Irmã Selma Desaparecida de Mello Ninja, para a TV Lusitana.

O ar quente produzido pela queimada global (global burning) na Amazônia, ajudou Mis Jones a permanecer no ar por vários dias até que ela viu uma imensa clareira no meio da mata com vários palanques circundados por correligionários e aterrissou.

- Ok Houston, a águia pousou!! comunicou ela por rádio aos seus superiores.

Nos quatro pontos da clareira provocada pela global devastation (devastação global), havia vários palanques. Alguns que mais pareciam um show de rock, com imensos telões e espetáculos pirotécnicos.

Mis Jones, resolveu começar seu périplo investigativo por um palanque simplesinho de palafitas, em cujo centro havia uma pequenina mulher amarrada, falando baixinho para a galera. Mis Jones aproximando-se da mini-turba que cercava a pequena oradora, foi logo perguntando:

- Joana Darc, I presume?

- O xente not, este es nuestra mini candidata a la presidencia, para preservar el bosque contra el calentamiento global.

Caramba, e como ela pretende fazer isso - pensou Mis Jones.

Enquanto isso a candidata continuava sua cantilena: "vamos recuperar 100% mata atlântica, floresta amazônica, do cerrado, vamos voltar o que éramos em 1500.

Neste momento o Green Peace entrou em delírio e pulando feito um bando de malucos, eles gritavam:

- Clorofila para todos

- Pelas barbas de Bin Laden pensou M.I. Jones e neste momento uma musica ribombou nos ares da ex-floresta e logo ela reconheceu os acordes da internacional socialista no grande palanque de mogno maciço no qual uma outra candidata, com a mão no peito cantava fervorosamente parecendo uma cantora de tango argentina. Terminado o hino, enquanto os fieis jogavam os braços para cima num frenesi típico de trio elétrico baiano, a candidata iniciou sua oratória:

- Camaradas shut the fuck up!



A platéia subitamente pareceu paralisada (até mesmo as bandeiras vermelhas do PT e MST se petrificaram no meio da ventania) e um silêncio sepulcral cobriu toda a clareira. Até mesmo os clorofilas do partido verde ao lado se perfilaram como se ouvissem as trombetas do apocalipse e na verdade, não estavam muito enganados.

E ela começou um longo e tedioso discurso a la camarada Fidel. Quatro horas depois ela convidou a turba, que neste momento já dormia profundamente, para um vodka break e apresentou seus convidados: Comandante Chaves, Armadinejad e Kim Jong-il. 


- Mis Jones disse de alto e bom som: "Legal, os três patetas!!!! 


A camarada candidata fuzilou nossa aventureira com seu olhar de ex-KGB. Para diminuir a tensão dos camaradas ela começou uma exibição de suas habilidades, primeiramente montou um fuzil AK-47 em segundos. Aplausos delirantes. Depois, disse que iria fazer uma única apresentação como homem bomba, e não adiantava pedir bis.

Foi ai que a turba ignara saiu em disparada, provocando uma nuvem de poeira que cobriu toda a floresta amazônica por meses, eliminando metade da tal diversidade biológica que ainda existia por ali... To be continued.

3 comentários:

  1. Wow!! Hoje foi tao psicodelico sua historia que tive que ler duas vezez! kkkkk Pai você ta matando todo mundo! Vc conseguiu eliminar metade da diversidade biologica no terceiro capítulo. Lembre-se que pelo menos a aventureira tem que sobrar na historia! Fico até com medo de como será o meu fim. Mas enfim, clorofila para todos! ahhh o Rodrigo falou que ele empresta os cavalos para ajudar a transitar pelas estradas da floresta! Fiquem com Deus. Espero anciosamente pelas cenas do proximo capitulo. Pai você podia desenhar uma imagem e postar à cada capítulo novo! Gostaria de ver fotos da freira ninja e da aventureira Jones! YUP!!!

    ResponderExcluir
  2. Estou louca pra visualizar a caricatura dos outros dois seres em seus ilustres palanques.

    Tadinha da freirinha, ainda não foi ressucitada!

    Não é por nada não, MIS Jones, mas acho que seu destino não será muito diferente da freirinha NINJA, vc já está como coadjuvante. Reivindique seus direitos de protagonista.

    ResponderExcluir
  3. SENHOR, MEU DEUS, TOCAI OS CORAÇÕES ENDURECIDOS PELO CIÚMES DO SUCESSO DE OUTROS, RESSUSCITA-ME!NÃO QUERO MAIS FICAR NA BARRIGA DO BOTO, LÁ É MEDONHO...
    Mr.Rufus, seu prazo se esgota hoje, se eu não voltar em cena vou ter de acionar o meu mais mirabulante plano KF3GH906WXM depois não venha rastejar aos meus pés que eu não cederei, então até hoje às 0:00, depois disso não me responsabilizo pelos danos morais e intelectuais, recado dado e passar bem, tenha um bom dia de sábado!!!
    ABREIJOS AO TRIO MARAVILHA!!!
    Com reverentíssima ternura Fantasma de Freira Ninmurai;)e agora Marininha quer figurinha animada, mais essa, essa criançada não tem jeito!

    ResponderExcluir