Marina I. Jones Os Executivos Aventura Humana Tecnologia Mundo Rural Colaboradores

sábado, 14 de agosto de 2010

Marina Salva Coronel Kibe e Freira Ninja - Cap 4 (by Rogerio Rufino)

Como sabem meus incansáveis e impagáveis leitores, ávidos por euros e dólares para se manterem fiéis a esta saga, nossa inenarrável and small freira ninja Selmurai foi engolida por um simpático boto num dos capítulos anteriores que nem me lembro mais. Pois bem, dentro das entranhas rosadas e acolhedoras do último boto livre ainda vivo nas águas lamacentas do rio Amazonas, nossa querida micro ninja continuou a mandar postagens sem cessar para o facebook e sem pagar aluguel. 

Sem ter o que fazer, nossa ninjamaniaca provocou um overload (sobrecarga) de postagens e notificações facebookianas tal, que seu micro Iphone simplesmente explodiu provocando um EMP (Pulso Eletro Magnético) de tal magnitude que paralisou todos os equipamentos elétricos e eletrônicos na face da terra, e o dia 13 de agosto, sexta feira, além de ser o dia internacional do canhoto, ficou conhecido também como o dia em que a terra parou (Warner Brothers). Ou seja, desgraça pouca é bobagem.

O infeliz boto foi vaporizado instantaneamente, o que provocou conseqüências graves, pois sem o único exemplar vivo do Boto Amazônico, o gobierno teve que fechar a FUNAUB, Fundação de Amparo ao Único Boto, o que provocou desemprego imediato de quatro mil funcionários públicos fantasmas, que imediatamente requereram suas polpudas aposentadorias vitalícias, causando um rombo ainda maior nos cofres da Previdência Social.

E para piorar as coisas, o imponente castelo de cristal sede da FUNAUB, foi tomado imediatamente pelo MSTC (Movimento dos Sem Teto de Cristal).

Enquanto a fumaça rosa se dissolvia no ar puro e engarrafado da selva, o coronel Kibe Indiano, um ruralista fracassado, navegava por ali com seu pequeno barco, uma Vitoria Régia com motor de popa de 400 cavalos, que subitamente parou, devido ao pulso eletro magnético.

-“Acho que aconteceu alguma coisa” pensou o coronel, no mesmo instante que viu ao longe uma pequena freira encharcada tomando sol tranquilamente no casco de uma tartaruga errante. Não pestanejou, pegou sua redinha de pegar borboleta e capturou a freirinha colocando-a salvo dentro de seu barco, carinhosamente apelidado de Victoria´s Secret.

O Coronel Kibe Indiano atualmente possuía uma companhia chamada Kibe Entertainment Arts, que agenciava duplas sertanejas por aquelas bandas. Mas, não tinha tido até então muito sucesso, pois logo que seus shows para os nativos amazonenses iniciavam, as duplas sertanejas eram logo desfeitas a tiros de espingardas de dois canos dos seringueiros. E o coronel Kibe, sempre ficava murmurando sua ladainha favorita: são dois para lá dois para cá.

Mas o coronel era um homem de visão e sabia reconhecer um novo talento a distância, e logo que viu a nossa freirinha, percebeu que ali poderia se esconder um tesouro oculto e pediu para que ela cantasse alguma coisa. A freirinha deu um pulinho, sacou sua violinha do saco e mandou brasa:

Podes sorrire
Podes mentirre
Podes chorare tombém
De quem eu gosto
Nem às paredes confesso.

Foi o bastante para o coronel Kibe dar uma traulitada na freirinha Selmamalia Rodrigues. A ex-fadista saiu catando cavaco até se espatifar, num vôo digno de Bruce Lee, na borda oposta da vitória régia, flor aquática da Amazônia e barco do Coronel Kibe.

- Como se atreve a por em risco nossa rica diversidade biológica cantando uma coisa velha dessas?

- Niuhaaa iooonn huaaa, gritava a freirinha na outra extremidade  do barco fazendo poses de karatê kid.

Coronel Kibe balançou a cabeça e virou as costas acelerando ao máximo o potente motor da Victoria´s Secret. A kung fu mirin caiu de ponta cabeça novamente e ficou la refestelada feito uma massa de pastel oleoso de final de feira.

Nisso foram se aproximando de uma estranha civilização, perdida naqueles remotos paraísos perdidos da floresta. Logo na entrada se lia: Ciudad de Torquemada.
Vieram recebê-los um povo desconfiado, todos vestidos a caráter, todos de preto (men in black).

O coronel Kibe, não querendo perder tempo com conversa fiada, foi logo anunciando sua grande atração musical da musica sertaneja de Pindorama:  Kibe e Selma.
Os Mibs ficaram ali olhando como se eles fossem de outro mundo, mas no final acabaram cedendo e foi aquela correria para preparar o show para a grande noite.
O coronel sacou uns papeis de pão velho e escreveu algumas letras de musica sertaneja tupiniquim, mil cilindradas, modelo básico e obrigou a freirinha decorar até a noite, para a grande apoteose.

À noite, a dupla subiu no palco e cumprimentou o seleto público de 30 gatos pingados com cara de poucos amigos. Não responderam. Sacaram então suas violas do saco e mandaram ver, e ai a coisa engrossou.

Para começar, ambos eram canhotos, e para piorar, como canhoto pensa o contrário, cantaram a musica de trás para frente. Em poucos minutos já estavam amarrados como Joana Darc, com a turba raivosa prestes a incendiá-los.

- Mas o que passa? Perguntou a Freirinha?

- Usted dos são canhotos, e canhotos son brujos. Torquemada, nosso grande Inquisidor, recomenda a fogueira.

Bem tudo o que se passou então foi muito rápido, nossa aventureira, que até então estava nos back stages (bastidores) esperando ansiosamente sua entrada neste capitulo, apareceu como um raio montada em seu cavalo branco, presente de seu namorado, o coronel Rodrigo de la Calle de la Vega de las Fronteras de los Pampas. Vendo os dois infelizes prestes a virarem churrasco da inquisição, Marina Jones, sacou o manual de direitos humanos da ONU e mostrou para os inquisidores:

- “Esta bien, fuego, canhotos não têm direitos” respondeu o líder da turba.

M. Jones avançou com seu cavalo jogando o coronel Kibe para um lado e colocando no bolso novamente sua fiel escudeira e desapareceu entre a fechada mata. Então, só o silêncio e o cheiro de kibe assado pairou no ar denso da floresta tropical, mas que beleza, em fevereiro, tem carnaval, tem carnaval....
 This article is copyright to the author and may not be reproduced without permission.

10 comentários:

  1. Mr.Rufus, 100 PALAVRAS!!!Tô aqui rindo igual uma débio mental, meu Deus, Mr.Rufus, eu sobrevivi ao boto, eu sou uma lenda viva, Selmurai, Selmamalia, Kibe e Selma, mas a Marininha sempre soberana a Rainha da Cocada preta, não desce do salto. Coronel Kibe, você tem que passar essa saga para o papel não queria perder a encadernação poderia ser um Best Seller, ainda que de um único exemplar.
    Tenha uma boa noite e obrigada pela segunda chance, mas vc como sempre, depôs contra a nossa classe, que mal há em ser canhoto, pensa bem, enquanto a maioria vê um lado nós vemos o outro.
    ABREIJO E ATÉ AMANHÃ!
    Minha cara tá doendo de tanto rir,
    EU SOU A MAIORE,
    IGUALE A MIM NÃO HÁ
    NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS
    CUIDADO COMIGO OUTRA VEZ
    VOU VOLTARE!!!
    Freira Ninmurai a Ressuscitada!

    ResponderExcluir
  2. Senhores Kibe e Selma, sera um prazer muito grande recebe-los em minha humilde cidade, voces serao um sucesso, afinal tem gosto pra tudo neste mundo... mas nao vou mentir..estou de luto pelo boto!!!!

    ResponderExcluir
  3. ...Porém, antes que chegasse o carnaval, sua velha amada, sua para sempre amante, pressentindo o perigo do amado, colocou o paraquedas, pulou de seu Mirrage e agarrou-o pelos cabelos longos e negros antes mesmo que toda a chama se alastrasse.....porque vc não quiz contar esta parte amore?

    ResponderExcluir
  4. Pois é, isto é a vida: recebi uns mil pedidos para ressuscitar a freirinha, mas até agora nenhum pedido para ressuscitar o velho e bom coronel Kibe. E a Kellinha, esta ingrata fica de luto é pelo boto, assim não dá. No próximo capitulo vou introduzir vários novos personagens, e vou acabar com eles todos no final, só de pirraça seus ingratos.
    Só minha mulherzinha que tentou salvar o velho Kibe, mas deve ser porque ela gosta de kibe frito mesmo, mas também não pediu para ressuscitar o infeliz.

    ResponderExcluir
  5. Viva os direitos da ONU!! Se não fosse eles a freirinha e o Sr. Kibe já elvis! Não podemos esquecer, é claro, da grandiosa aventureira! É espetacular! Mas enfim, papai uma tostadinha é bom para deixar a casca mais grossa e evitar picadas de insetos mortais e machucados provenientes da assombrosa selva! Freira adorei terem te ressucitado! Agora, daddy, menos historias psicolelicas. Foco! Adicione kelly como paquita ou jornalista atrapalhada e a mamae como detetive, braco direito da aventureira. A karen pode entrar como a defensora dos frascos e comprimidos...A Karen e a Freira Ninmurai podem ser melhores amigas no enredo! Ai adoro tudo isso! beijosss Love ya!

    ResponderExcluir
  6. Bem vinda à nova vida freirinha Ninja... ou seria selma e kibe? O que interessa é a segunda chance, apesar de tanto apanhar. O que fezestes com o Sr Rufus para passar por tamanha tortura?

    Eu voto para a volta do coronel Kibe resgatado pela piloto da FAPK (Força Aérea de Proteção ao Kibe). E se começar a colocar personagem demais nesta história o tico-teco no centro-oeste, no coração do Brasil,na linda Goiânia, explodirá e não sobrará cerrado para contar histórias.

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  7. Keilinha, só você mesmo para pedir o retorno do velho e bom coronel Kibe, já transformado pela kelly e Jackie em capitão Gay. Veja bem.
    A freirinha teve vários pedidos para seu retorno, assim, pelo jeito vou ter que ir para um convento também.
    Seu personagem está no forno, e talvez amanha vou apresentar todos os personagens como minibiografia, para o público entender. besos

    ResponderExcluir
  8. Sr. rogerio não vai na conversa desse povp não, daqui vejo um odor de chifre queimado, agora descobri que é de voce, deve ficar saindo uma fumacinha de tanto esforçar para agradar a todos os leitores, não importa escreve o que te agradar e volte o personagem que achar conveniente, pois o mundo está perdendo um grande escritor. hahhahah. beijos ao cunhado mais gato do mundo. beijos.grude

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Ohh my God!! O q é isto!?? Matam a freira, ressuscitam a freira....batem no coronel KIBE, e ninguem faz nda?? não tem direitos humanos nesta estória não?
    E pq tiveram que matar o único boto!! Ele era o meu personagemn favotito!! Ta certo que ele comeu a freira....e isto não pode!! ...mas tbm não precisavam explodir o pobre coitado.

    OBS: Apartir de hoje faço parte do MSB e MSP...Movimento sem blog e sem personagem!! Pq princesinha é a mãe!!

    ResponderExcluir